Penhor Rural: entenda como funciona e como se proteger

entenda como funciona o penhor rural e como funciona o seguro

Curtiu o post? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Você, provavelmente, já tinha ouvido falar em penhor rural antes. O termo é bastante comum no meio agrícola e pecuário, uma vez que ele está ligado a empréstimos e a outros tipos de negócios financeiros.

Pois bem! Para tudo ficar bastante claro, vamos explicar do que se trata a penhora rural e quais são as características dela.

Além disso, também vamos falar sobre a importância de se ter um seguro penhor rural. Caso contrário, o pagamento da sua dívida pode se tornar muito mais difícil e demorado.

Continue a leitura e descubra grandes dicas para os seus negócios!

Penhor rural: o que significa?

De acordo com os dicionários de Língua Portuguesa, a palavra penhor significa: garantia.

Em âmbito jurídico, ainda encontramos a seguinte definição: entrega de um imóvel, ou algo móvel, como garantia de pagamento de uma dívida, de uma obrigação, de um empréstimo.

Dessa forma, podemos entender que o penhor rural pode ser qualquer bem usado como garantia para o pagamento de uma ou mais contas.

Daqui a pouco, vamos ver o que, afinal, pode ser ofertado como quitação de dívidas. Continue por aqui!

Modalidades do Penhor Rural: entenda as diferenças

Então, por exemplo, quando você realiza um empréstimo, pode usar o penhor rural como garantia de que a conta será paga.

Diante disso, você deve estar se perguntando: “mas o que posso oferecer?” Dentro do penhor rural, existem duas subcategorias.

Vamos conferir quais são elas e entender suas características:

Penhor agrícola

O penhor agrícola é o conjunto de bens que podem ser usados como pagamento de dívidas.

Nessa definição, entram os seguintes:

  • madeiras de corte;
  • frutos armazenados;
  • colheitas (prontas ou, ainda, em desenvolvimento);
  • carvão vegetal;
  • máquinas usadas no dia a dia de produção da agricultura.

Penhor pecuário

O penhor pecuário é, também, o conjunto de bens que podem ser oferecidos como quitação de contas.

A diferença é justamente os tipos de bens usados, nesse caso, entram todos os animais (usados em produções agrícolas, pastoris, de leite e seus derivados).

É claro que essas formas de pagamentos devem, antes de tudo, estarem descritas e acordadas em um contrato.

Com isso, fica mais fácil evitar ou, mesmo, resolver possíveis desacordos entre as partes (credor e devedor).

Lembre-se sempre de analisar, com calma, todo e qualquer tipo de contrato envolvido em suas atividades profissionais!

O que é seguro de penhor rural?

Seguro de Penhor Rural, o que é?

Aqui, cabe uma observação de extrema importância… Quem trabalha com o segmento rural sabe que, infelizmente, condições climáticas podem comprometer os lucros.

Uma geada, por exemplo, pode acabar com uma produção de café. E, então, como você vai garantir as colheitas como penhor rural (pagamento de dívida), se a plantação se perder da noite para o dia?

A solução, nesse e em muitos outros casos, é a do seguro de penhor rural.

Funciona assim: você faz a contratação do seguro e, se acontecer de perder a sua colheita de café, o seguro cobre o valor da safra perdida. Em seguida, você pode pegar a quantia em dinheiro e fazer a quitação da sua dívida.

Ou seja, o seguro penhor rural é uma forma de garantir que, independentemente do imprevisto, vai dar para pagar a conta feita.

Características do Seguro de Penhor Rural

Além de saber que existe o seguro de penhor rural, também é imprescindível conhecer quais são as características dele, não é mesmo?

O seguro rural oferece recuperação financeira (pagamento de indenização) em caso de prejuízo total ou parcial dos patrimônios rurais (atividades pecuárias e produções agrícolas).

Esses prejuízos precisam ser consequências de fenômenos climáticos, como:

  • chuva forte;
  • geada;
  • granizo;
  • seca;
  • inundação;
  • tromba d’água;
  • variações excessivas de temperatura;
  • ventos muito fortes e/ou frios;
  • raios.

Observação: o seguro de penhor rural também cobre casos de incêndio, além de morte do produtor rural.

Fora isso, o produtor rural também pode conseguir, por meio do seguro, crédito para o financiamento de plantios.

O melhor de tudo é que esse tipo de seguro é livre de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Já o valor da cobertura varia conforme suas necessidades e objetivos. De qualquer forma, ele estará prescrito em contrato.

vale a pena contratar o seguro de penhor rural?

Afinal, vale a pena contratar o seguro de penhor agrícola?

Sim, sem dúvidas.

Na verdade, proteger suas próprias produções agrícolas ou pecuárias é sempre muito importante.

Afinal, como dissemos, todas as atividades desse segmento estão propensas a sofrer com efeitos climáticos adversos.

Quando você contrata um seguro, garante o retorno dos seus investimentos e, claro, o pagamento de suas dívidas (em caso de penhor rural).

Seguro de Penhora Rural x Seguro Agrícola: qual a diferença?

O seguro de penhora rural é o pagamento de indenização para o pagamento de dívidas.

Já o seguro agrícola é a liberação, também, de uma indenização, só que para prejuízos causados às atividades agrícolas e agropecuárias (por exemplo, plantações de frutos e criações de gado).

Proteja sua lavoura contra quebra de safa! Cote o seu seguro agrícola com a ComVida Seguros!

Conclusão

Neste conteúdo, você pôde ver do que se trata o termo penhor rural. Nesse caso, estamos falando sobre o uso de algum bem como garantia de pagamento de dívida.

A justiça permite que tanto produções agrícolas quanto pecuárias sejam usadas como penhora rural.

Mas, nunca é demais lembrar que: atividades desses segmentos estão sempre sujeitas a efeitos climáticos negativos.

Então, antes de assumir uma dívida, garanta o seu seguro de penhor rural. Dessa forma, ainda que tenha alguns imprevistos, vai dar para quitar a sua conta.

Vale destacar que a ComVida Seguros oferece o seguro rural (válido tanto para atividades pecuárias e agrícolas).

A indenização é paga quando se tem prejuízos causados por efeitos climáticos extremos, além de casos de incêndio e de morte do produtor rural.

Conheça mais da empresa e veja como garantir seus lucros e pagamento de dívidas!

Curtiu o post? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos Posts: