Custo de produção agrícola: entenda o que é e como calcular

custo de produção agrícola

Curtiu o post? Então compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A receita do sucesso, em meio ao campo, depende do controle sobre custo de produção agrícola. E aí, nesse assunto, a sua empresa já caminha bem ou ainda dá passos lentos? 

Para quem deseja, enfim, otimizar os investimentos e, principalmente, ter mais ganhos financeiros, nós temos uma ótima notícia! 

É que, neste conteúdo, vamos falar sobre os pilares relacionados aos custos de produção. 

Então, continue por aqui e veja como administrar a sua empresa de uma forma excelente!

O que é custo de produção agrícola?

O custo de produção agrícola corresponde aos gastos relativos, por exemplo, a: materiais, instrumentos e mão-de obra usados para plantar e colher. 

Tudo isso independentemente do tipo de produto cultivado (soja, café, frutas, hortaliças, milho, enfim). 

É claro que, por mais que a soma dos investimentos seja alta, ela precisa estar à altura, ou, melhor: ser menor que os resultados. 

Dessa forma, então, você (produtor agrícola) pode ter o tão esperado lucro. 

A importância de calcular o custo de produção agrícola?

É esperado que o dia a dia da produção agrícola tenha muitos fatores. O agricultor precisa administrar suas terras, cuidar de funcionários, negociar com fornecedores, buscar novos clientes, etc. 

Tudo isso, ainda, demanda gastos de diversos tipos, ou seja, são muitas tarefas envolvidas. 

O cuidado de calcular o custo da produção agrícola é uma forma de colocar tudo em papel ou em planilha (sem realmente deixar nada passar despercebido). 

Além disso, fica mais fácil fazer um acompanhamento minucioso de cada investimento. Dessa forma, dá para saber se os gastos realmente estão dando bons resultados. 

Outro fato importante é a garantia de que todos os gastos são pagos nas datas corretas. 

Sendo assim, podemos afirmar que o custo de produção agrícola é um dos pilares do negócios!

Custo de Produção

Agora, que já falamos sobre o que é e a importância do custo de produção agrícola, vamos às especificações. 

Nesse caso, precisamos comentar que os custos podem ser separados em duas categorias. Veja quais são elas:

Custos Fixos

Os custos fixos, como o próprio nome já diz, são aqueles fundamentais mês a mês. Além disso, também costumam ter valores iguais ou seguir uma média de preço. 

Alguns exemplos desses custos de produção agrícola são: 

  • conta de luz;
  • conta de água;
  • remuneração de funcionários;
  • pagamento de impostos;
  • pagamento de seguro agrícola. 
custo de produção agrícola o que é

Custos Variáveis

Já os custos variáveis têm despesas que podem, por exemplo, aparecer um mês sim e outro não. Os exemplos desse caso podem ser os seguintes: 

  • compra de sementes;
  • uso de tecnologias para o plantio e colheita;
  • utilização de maquinários;
  • mão-de-obra temporária. 

O que incluir no cálculo de custo de produção agrícola?

Vamos ver um pouco mais sobre o que como colocar no seu balanço de custos? Separamos algumas categorias de custos, as principais, para ser mais exato. 

Aproveite essas outras dicas!

Mão-de-obra

Se você pretende ter funcionários para longo prazo, precisa contratá-los na norma CLT. 

Então, nas anotações sobre o custo de produção agrícola, coloque os salários, FGTS, férias, 13.º salário, pagamento de benefícios (vale-transporte e vale-alimentação) e afins. 

Insumos

Os insumos também entram na lista dos custos agrícolas. Nessa categoria, ficam as seguintes compras: sementes, fertilizantes, compostos químicos para controle de pragas, entre outros.

Maquinários

Tão importante quanto mão-de-obra e insumos são os maquinários. 

Isso ainda mais em grandes fazendas, onde seria inviável, por exemplo, fazer a irrigação manualmente. Então, compra-se ou aluga-se um maquinário específico para isso. 

Aqui também pode entrar a compra ou o aluguel de trator, colheitadeira, pulverizador, arado, plantadeira e mais. 

Outras despesas

Lembrando que existem outras despesas para a produção agrícola. Algumas delas são: contas de luz, água e telefone, além de impostos e seguro safra.

Sobre esse último custo, precisamos fazer uma ressalva. Alguns produtores agrícolas, ainda hoje, duvidam das necessidades de um seguro. 

Mas, é fundamental sempre lembrar que, qualquer safra, também fica condicionada a sofrer consequências relacionadas aos efeitos da natureza. Por exemplo: 

  • chuva;
  • granizo;
  • enchente;
  • tromba d’água;
  • vendaval;
  • estiagem;
  • não germinação;
  • seca;
  • entre outros.

Alguns desses casos até podem ser previstos, mas não impedidos. Nessas horas, então, é crucial contar com um seguro agrícola. 

Esse tipo de contratação pode garantir assistências e/ou indenização, em caso de eventualidades. 

Dessa forma, você não corre o risco de ter que arcar com todo o prejuízo relacionado à perda da safra, causada por algum evento da natureza. 

Só confira, no contrato com a  seguradora, quais imprevistos têm garantia de assistência e/ou cobertura.

Já ao fazer os controle sobre o custo de produção agrícola, marque as despesas com o seguro safra! 

Saiba mais sobre o seguro agrícola com a ComVida Seguros!

custo de produção agrícola comvida seguros

Conclusão

Neste conteúdo, nós falamos sobre os pilares do custo de produção agrícola. 

Recapitulando, esse é um cuidado essencial para você gerir seus negócios e, claro, ter ótimos lucros. 

Para isso, anote todas as entradas e saídas de dinheiro de sua empresa, ao que tange: 

  • custos fixos — conta de luz, pagamento de salários, conta de água, impostos, pagamento de seguro agrícola, etc.;
  • custos variáveis — aluguel ou compra de maquinários, aquisição de sementes e adubos, contratação de mão-de-obra temporária e outros casos.

Lembrando que o seguro safra é uma providência indispensável para que todo o seu investimento não vá por água abaixo.

Isso porque a contratação oferece indenização e/ou assistências em casos de eventos da natureza: chuvas fortes, granizos, enchentes, tromba d’água e outras eventualidades. 

Saiba mais com a ComVida Seguros!

Curtiu o post? Então compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos Posts: