Planejamento Financeiro Familiar: o que é e como fazer o seu

Como fazer um bom planejamento financeiro familiar?

Curtiu o post? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Formar e manter uma família requer bastante cuidado e atenção. Muito além do amor e dos interesses em comum, um casal também precisa pensar no planejamento familiar. 

Afinal, um plano bem estabelecido e seguido evita problemas e discussões ligados às contas da casa, aos investimentos e afins. 

Então, se você deseja viver em harmonia e, além disso, ter perspectivas de futuro para si mesmo, seu parceiro (a) e filhos, continue a leitura deste conteúdo! 

Nós vamos te mostrar como é possível ser uma família bem organizada financeiramente

>> Leia também: Quanto tempo demora para receber Seguro de Vida?

O que é Planejamento Financeiro Familiar?

O planejamento financeiro familiar trata-se de todas as atividades feitas para gerir a renda, custos e investimentos da família.;

Tudo isso para que realmente haja o controle e equilíbrio das finanças

Sem esse ponto, fica muito mais difícil conseguir pagar todas as contas em dia e, ainda, sobrar dinheiro para a família ter lazer, fazer uma reserva de emergência e traçar planos para o futuro. 

É claro que a gestão eficiente não é tão simples. Só para se ter uma ideia, cerca de 70% das famílias brasileiras estão endividadas. Isso de acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Mas, não precisa se desesperar! Nós estamos aqui para te oferecer apoio.

O que é receita familiar?

A receita familiar é a soma de todos os ganhos da casa, ou seja, o total dos salários dos familiares. 

Vamos supor, então, que você viva com a sua esposa, e que cada um ganhe R$ 5 mil. A renda familiar de vocês é a de R$ 10 mil. 

Observação: se vocês tiverem ganhos com trabalhos extras, também é preciso colocar nessa conta. Todo o dinheiro que entra “no quadro familiar” precisa ser contabilizado. 

Qual a importância de um bom Planejamento Financeiro Familiar?

O planejamento financeiro familiar é extremamente importante por várias razões. 

A primeira delas é de ter a consciência de todas as despesas e, ao mesmo tempo, não deixar que nenhuma delas passe despercebida. 

Você evita, por exemplo, de se esquecer de pagar uma conta de luz ou de telefone. Ou, pior: de assumir dívidas que não poderá arcar depois. 

Fora isso, é possível fazer planos para curto e longo prazo, como: viagens, compra de um novo carro, pagamento da faculdade dos filhos, aposentadoria, entre outros casos. 

Mais um motivo para seguir a gestão financeira familiar é a de poder sobreviver em momentos de crise. 

Um exemplo: a pandemia causada pelo coronavírus, começada em 2020, fez com que muita gente perdesse o emprego ou, ainda, tivesse a jornada de trabalho e o salário reduzidos. 

As famílias que tinham um bom planejamento financeiro familiar, certamente, conseguiram e conseguem atravessar melhor a turbulência. 

como planejar o orçamento familiar

Saiba como fazer um Planejamento Financeiro Familiar de sucesso

Dito os porquês de se fazer um planejamento financeiro da família, vamos ver como ter o verdadeiro controle dos ganhos, custos e investimentos

Confira todos os passos: 

Registre todas as receitas e despesas da família

Impossível ter o controle das finanças sem saber exatamente quanto a família ganha e, também, quanto gasta. 

Sendo assim, coloque, na ponta do lápis, a receita e todos os custos da casa. 

Fique à vontade para registrar os dados em um caderno, em uma planilha do Excel ou em um aplicativo próprio para gestão financeira. 

O mais importante mesmo é reunir as informações diária, semanal ou mensalmente. 

Defina os objetivos familiares

É claro que a vida não se resume em trabalhar e pagar as contas. Toda família tem seus objetivos e desejos. 

Então, conversem sobre isso… Falem do que desejam fazer no presente e no futuro. Aqui, toda meta é importante, seja ter mais um filho, conhecer o mundo, comprar uma casa própria, enfim. 

Só que, óbvio, é preciso entrar em um consenso. Depois, já fica mais fácil buscar os recursos e traçar os planos financeiros para realizar os objetivos. 

Centralize o controle dos gastos

O ideal é que todas as informações da gestão financeira familiar fiquem em um só lugar. 

Se vocês optarem por usar uma planilha, por exemplo, só anotem as despesas, investimentos e ganhos lá. 

Deixar dados em documentos diferentes pode causar confusão para você e para os outros membros da casa. 

Elabore um plano de economia familiar

O planejamento financeiro familiar também depende da economia doméstica. 

Isso não significa que você tenha que assumir uma postura do que as pessoas chamam de “pessoa mão de vaca”.

O caso aqui é observar os gastos familiares e identificar quais cortes seriam possíveis. Assim, dá para sobrar mais dinheiro e investir nos objetivos e sonhos de todos. 

Uma excelente ideia, não é? Para praticá-la, comece a anotar absolutamente todos os custos e gastos diários. 

Outras dicas bacanas: sempre pesquise preços e condições de pagamento antes de qualquer aquisição, e peça descontos em compras feitas à vista.

como fazer um planejamento financeiro familiar

Mantenha uma reserva de emergência

Uma parte do dinheiro que você conseguir economizar também deve formar uma reserva de emergência. 

Esse escape é extremamente importante, afinal, por mais que uma pessoa seja organizada e faça planos, ninguém nunca está livre de imprevistos. 

Lembra que citamos a pandemia da Covid-19? Pois bem! Ninguém imaginava que um problema dessa proporção fosse atingir o mundo. 

O melhor mesmo é guardar o seu dinheiro e se precaver. Aliás, também é importante ter um seguro de vida para dar mais tranquilidade tanto a você quanto a sua família! 

Invista seu dinheiro

Por que não fazer o dinheiro trabalhar para você e, dessa forma, ter mais uma fonte de ganhos? 

Existem várias modalidades de investimento, como: fundos imobiliários, compra de ações tesouro direto, fundo de investimentos e outros. 

Vale entender como cada um funciona e escolher aquele que melhor se encaixa às necessidades e desejos da família. 

Conclusão

Neste conteúdo, vimos que o planejamento financeiro familiar é algo imprescindível. 

O controle das finanças faz com que as contas sejam pagas em dia, que seja possível fazer e realizar planos, criar uma reserva de emergência, evitar dívidas fora do seu orçamento e, consequentemente, viver em harmonia. 

Agora é com você: converse com a sua família sempre e siga os passos que indicamos por aqui. 

Nós temos a certeza de que, logo, todos terão muitos frutos para colher e desfrutar!

 Invista em seguro de vida, conte com a ComVida Seguros!

Curtiu o post? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos Posts: