Passo a passo de como fazer um Seguro de Vida

Passo a passo de como Fazer um Seguro de Vida

Curtiu o post? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Para muitos brasileiros o seguro de vida ainda é um tema muito cercado de tabus. No entanto, não deveria!

Ter um seguro de vida contribui para dar maior segurança a sua família. Especialmente se você é fundamental na manutenção do padrão de vida das pessoas que ama.

Infelizmente absolutamente todas as pessoas estão diariamente expostas a riscos de acidentes e falecimento. Por isso mesmo, deixar de ter um seguro de vida é arriscado.

Nos Estados Unidos, as pesquisas apontam que 3 em cada 5 cidadãos possuem seguro de vida para resguardar aqueles que amam.

Se você também quer oferecer essa segurança para as pessoas que você ama, continue lendo e confira o passo a passo da contratação de um seguro de vida.

Passo a passo de como fazer um Seguro de Vida:

1 – Seguro de vida é diferente de seguro de acidentes pessoais

O primeiro passo para a contratação ocorrer de forma tranquila é entender que tipo de seguro você realmente quer contratar.

O seguro de vida é diferente do seguro de acidentes pessoais. A depender do seu contexto de trabalho, é inclusive interessante possuir os dois tipos de seguro.

A diferença se dá basicamente na cobertura dos dois tipos de seguros. No caso de seguro de vida, a cobertura básica se refere ao risco de morte por causas naturais ou acidentais. Já o seguro de acidentes é válido em casos de morte ocasionada em acidente que estava coberto pelo plano.

Por exemplo, a morte ocasionada durante um acidente de trabalho.

2 – Escolha qual é a cobertura ideal para você

Após entender qual é a diferença entre seguro de vida e seguro de acidentes pessoais, é hora de pesquisar a cobertura ideal para suas necessidades.

É importante escolher a cobertura que combina com seu estilo de vida. O mais básico, é justamente o seguro que oferece a cobertura para morte.

Nesse caso, quando o segurado morre de causas naturais ou acidentais, a família recebe a quantia prevista em contrato.

No entanto, os seguros atualmente oferecem muitas opções de coberturas, incluindo indenização em caso de invalidez. Além disso, alguns seguros oferecem auxílio funeral, cobertura de despesas médicas, cobertura de doenças graves, como câncer, e muitos outros benefícios.

Por isso, é importante analisar quais são as suas necessidades atuais e de acordo com o seu estilo de vida, identificar a cobertura ideal.

Se você já possui um plano de saúde por exemplo, não precisa que o seguro ofereça obrigatoriamente reembolso de custos médicos.

Uma vez que todos os gastos médicos ficam por conta do seu plano de saúde. Portanto, para cada perfil existe uma cobertura e vale muito a pena pesquisar.

3 – Procure seguradoras

Agora que você já sabe qual é o tipo de cobertura que necessita, precisa buscar seguradoras que ofereçam essa cobertura. E, para te ajudar nessa procura conte com um corretor de seguros para te orientar melhor.

Cabe fazer sempre uma pesquisa de mercado. Identificando a oferta de seguros de vida que ofereçam justamente a cobertura que você deseja.

É interessante ter no mínimo 3 empresas que ofereçam os serviços desejados para que você faça uma cotação e compare os preços. Assim, você conseguirá encontrar uma empresa que atende suas necessidades com o menor custo mensal.

4 – Leia integralmente a apólice de seguro de vida

A maioria das pessoas contrata seguros sem ler integralmente a apólice, o que é um erro gravíssimo.

Antes de fechar negócio, você deve analisar essa apólice por inteiro! Observe minuciosamente cada detalhe para que você possa saber exatamente o que está fazendo na contratação.

A partir disso, você terá certeza de quais são as coberturas e poderá deixar a sua família resguardada.

Observe inclusive se a sua apólice tem alguma carência embutida. Assim, você terá todas as informações necessárias disponíveis antes de fechar a contratação.

5 – Após contratar informe sua família

O grande objetivo ao contratar um seguro de vida é proteger as pessoas que você ama. Por isso mesmo, é importante que sua família saiba da existência do seguro de vida.

Uma vez feita a contratação, você deve informar aos seus parentes sobre a existência desse seguro de vida e deixar toda a documentação guardada de modo organizado.

Isso contribui para que, em caso de sua morte as pessoas queridas que estão resguardadas possam dar entrada e receber o valor.

Se você faz o seguro de vida e não informa sua família, provavelmente eles ficarão desamparados por não saber da existência do documento.

Mesmo sendo um assunto delicado, é importante ter essa conversa. Deixando claro que fez esse seguro por amor e que, deseja o melhor para todos.

Explique que o objetivo é proteger as pessoas que ama caso algo te aconteça e que o fez apenas por garantia. Assim, o assunto será encarado com maior leveza e todos poderão conviver com mais tranquilidade a respeito do tema.

6 – Deixe os documentos necessários em local conhecido

Durante a sua conversa com a família, é importante informar qual é o local onde você irá guardar os documentos necessários para acionar a seguradora.

É importante lembrar que, o valor do seguro será pago para sua família em até 30 dias após a apresentação de toda a documentação.

Por isso, deixar a apólice de seguro e todos os documentos organizados é uma maneira de auxiliar a sua família. Afinal, por mais necessário que seja acionar a seguradora, esse é um momento em que as pessoas que te amam estão fragilizadas.

O que faz com que todo o processo seja doloroso e quanto mais organizada e acessível estiver a documentação, melhor.

Mas, se sou beneficiária de um seguro de vida e não sabia? Escrevemos um conteúdo explicando quais os procedimentos que você deve percorrer para receber a indenização de um seguro de vida.

Todos deveriam ter um seguro de vida

Muitas pessoas consideram o ato de fazer um seguro de vida mórbido. E até mesmo se preocupam com a estabilidade da família após a sua morte, mas não querem adquirir um seguro.

Justamente devido ao fato de existirem muitos preconceitos relacionados a morte. No entanto, isso não deveria ser assim!

Todas as pessoas possuem a certeza de que um dia, infelizmente irão morrer. Por isso mesmo, fazer um seguro de vida é um ato de amor com quem fica. Deixando um último cuidado com as pessoas que você ama.

O que faz do seguro de vida um ato de verdadeiro carinho. Portanto, todas as pessoas deveriam ter esse tipo de seguro e agora você já sabe como contratar o seu.

Curtiu o post? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos Posts: